Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher lança Calendário Feminista Antirracista

No dia 25 de julho de 1992, em Santo Domingo, na República Dominicana, com a realização do 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas e criação da Rede de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, foi instituído o dia 25 de julho como Dia da Mulher Afro-latino-americana e Caribenha.Hoje é um dia de luta e celebração e, para marcar a data, a Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher da OAB da Bahia apresenta o Calendário Feminista Antirracista. Inicialmente em versão digital, o Calendário se propõe a elevar as datas importantes para as mulheres brasileiras, com destaque para as mulheres negras e a luta antirracista. Aproveitamos para homenagear mulheres negras que são referências no nosso país e muitas vezes invisibilizadas nas diversas áreas como literatura, ciência, artes e da política.Viva o 25 de Julho! Viva a Mulher Negra Latino-americana e Caribenha!Baixe aqui o Calendário Feminista Antirracista
25/07/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia